O governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés, estará em Araranguá nesta quinta-feira, dia 14, onde anunciará recurso para a construção da ponte sobre o Rio Araranguá, que ligará Morro dos Conventos à região de Hercílio Luz e Balneário Ilhas. A obra, orçada entre R$ 15 milhões e R$ 18 milhões, é considerada providencial para o projeto da Interpraias, rodovia que promete ligar os municípios situados entre Laguna e Passo de Torres.     

A liberação do investimento ocorre em evento na sede da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), a partir das 14 horas, e deve reunir lideranças políticas, empresariais e comunitárias.  

Mais cedo, Carlos Moisés cumprirá agenda em Forquillhinha, às 10h30, no auditório da Coopera. A expectativa é que neste ato ele autorize a liberação de recursos para a pavimentação da Rodovia Jacob Westrup, que liga Forquilhinha a Maracajá e a BR-101. A passagem do governador pelo Extremo Sul ainda conta com visita ao município de Jacinto Machado.  

“Em todos esses três municípios, serão anunciadas obras de infraestrutura relevantes para a região pelo programa Novos Rumos, além de liberação de emendas parlamentares. Em Forquilhinha, também será firmado o convênio com o consórcio CIM-Amrec (Consórcio Intermunicipal Multifinalitário) para implantação do Projeto Recuperar”, diz o governo, em nota encaminhada à imprensa. 

 

Sobre a interpraias 

 

A construção da ponte para ligar Morro dos Convetos e Hercílio Luz permitirá a transposição do Rio Araranguá sem o uso da balsa. A obra é uma antiga reinvindicação na região da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e também é considerada providencial para a sequência do projeto da Interpraias, estrada de interligação dos municípios situados entre Laguna e Passo de Torres.   

O projeto entregue pelo deputado Estadual José Milton Scheffer ainda depende de atualização, uma vez que é datado de 2016. E há uma perspectiva que o valor possa ser menor do que o atualmente projetado. Segundo o plano, a ponte terá 390 metros de cumprimento, podendo ser reduzido para 280m conforme a elaboração de um novo estudo.